Neurologia

Quais as Doenças que o Neurologista Trata? O neurologista clínico trata dos diversos tipos de dores de cabeça e dores relacionadas à medula espinhal, na região lombar ou cervical, por exemplo. Outros sintomas associados ao sistema nervoso e que são tratadas pelo neurologista são tonturas, desmaios, perda de força e de sensibilidade, problemas de memória e distúrbios comportamentais. Quando existe a necessidade de tratamento cirúrgico, o paciente é encaminhado para o neurocirurgião, e nos demais casos, o neurologista segue com o tratamento clínico.

Quais Exames o Neurologista Pede(Solicita)?

Durante a consulta, o Médico Neurologista realiza uma entrevista com o paciente, que pode até ser entendido como uma bate-papo informal. Mas logo em seguida de alguns exames clínicos, como a avaliação:
  • De Reflexos,
  • Equilíbrio,
  • Força e
  • Sinais Vitais.
Além disso, ele pode solicitar Exames laboratoriais, Eletroencefalograma, Doppler Transcraniano, Eletromiografia, Angiografia Cerebral, Tomografia ou até mesmo Ressonância Magnética, que são importantes para identificar a necessidade de cirurgia ou de tratamento clínico.

O Neurologista Hoje, pode:

  • Aumentar sua Capacidade Cognitiva,
  • Foco
  • Desenvolver sua Capacidade Cognitiva, e também o
  • Melhorar a Qualidade de seu Sono.
  • Isso, claro, corrigindo os excessos e ou as Deficiências a qual o seu Corpo está atualmente.

Tomarei Remédio pela vida toda?

Depende. Isso porque, se a difidência for permanente, pode ser que sim. Quando inventaram o óculos, também perguntaram se iriam usar pela vida toda? Certo! Porém, o óculos nada mais é que uma ferramente para corrigir uma deficiência permanente do corpo humano. Com o passa dos anos, nossa evolução Natural, entendeu que os óculos ou as lentes, são um mal necessário para toda vida. A evolução da medicina encontrou um óculos podemos chamar assim, apenas em exemplificação para o cérebro.

Quando é Necessário Procurar um Neurologista?

Diagnosticar uma doença logo no início pode ser o fator determinante para a cura. Por este motivo, preste atenção aos sintomas que indicam a necessidade consultar um neurologista:
  • Perda Súbita de Visão,
  • Perda Súbita de Tato, ou
  • Perda Súbita da Fala;
  • Paralisia em um dos Lados do Corpo ou do
  • Paralisia em um dos lados do Rosto;
  • Vertigem ou
  • Perda de Equilíbrio
  • Isso, claro, sem motivo aparente;
  • Sensação Frequente e Intensa de Familiaridade com situações desconhecidas;
  • Dor Forte no Pescoço ou
  • Irradiada para os Braços, com diminuição da sensibilidade ou
  • Perda de Força;
  • Dor forte na Região Lombar, ou
  • Irradiando nas Pernas,
  • Com diminuição da Sensibilidade ou
  • Sem Diminuição da Sensibilidade,
  • Formigamento ou
  • Fraqueza Muscular;
  • Dormência, ou
  • Sensação de “alfinetadas”, nos Dedos;
  • Dores que não passam com Analgésicos Comuns;
  • Perda da Consciência;
  • Desmaios;
  • Dificuldade para Compreender a Linguagem ou
  • Dificuldade para se Expressar;
  • Confusão Mental ou
  • Perda de Memória.
Os sintomas descritos acima são apenas uma forma de indicar o momento de procurar ajuda, mas sabemos que a medicina preventiva ainda é o melhor remédio. Incluir uma consulta com o médico neurologista no seu check-up ajuda a garantir a saúde do seu sistema nervoso. Alerta: Cuidado com Falsos Médicos
DEIXE SUA AVALIAÇÃO PARA ESTE ARTIGO
5/5